glossário de seo

Glossário de SEO: 50 Termos que você precisa saber

  • SEO
  • 14/11/2022
Compartilhe

É muito termo, um monte de sigla nova a cada dia, né? Às vezes, fica difícil acompanhar…

Este glossário de SEO compila 50 termos mais comuns que você provavelmente ouvirá e definitivamente precisa saber, seja você uma empresa ou profissional de SEO.

O que significa cada sigla em SEO:

Acima da dobra

Conteúdo que aparece de cara quando você acessa um site, antes de rolar (scrollar). Recentemente, o Google lancçou a atualização Core Web Vital que mede a rapidez com que uma página é visível, quanto tempo leva até que um usuário possa interagir com a página e a estabilidade visual dos elementos da página. Por isso, tome muito cuidado com imagens e elementos pesados acima da dobra.

Algoritmo

O algoritmo de busca é um sistema complexo que permite ao Google, Bing e outros buscadores encontrar, classificar e retornar as páginas mais relevantes para uma determinada consulta de busca. Todo dia o Google faz mudanças em seu algoritmo com o objetivo de melhorar a experiência do usuário.

Alt

Este atributo visa fornecer informações para os motores de busca e também para os leitores de tela (para pessoas cegas e deficientes visuais) sobre o conteúdo de uma imagem.

Também conhecido como: Alt Text.

AMP

As Accelerated Mobile Pages (AMP) são um padrão para a criação de páginas com carregamento rápido e visual atrativo em dispositivos móveis. A AMP não é um fator de classificação, mas a velocidade é.

Atributo Nofollow

Uma meta tag que informa aos mecanismos de pesquisa para não seguir um link externo específico. Isso é feito nos casos em que um site não deseja passar autoridade para outra página. Os links de comentários de artigos de WordPress também são nofollow.

O atributo nofollow se parece com isso: <a href=”http://www.example.com/” rel=”nofollow”>O texto âncora vai aqui</a>

Autoridade

Refere-se à importância ou peso dado a uma página em relação a uma determinada pesquisa no mecanismo de busca. O Google, por exemplom utiliza diversos fatores (ou sinais) ao avaliar a autoridade de uma página web.

Black Hat

Táticas arriscadas que vão contra as Diretrizes para Webmaster do Google.

Backlinks

São links em outros domínios que apontam para o seu domínio. Por exemplo, um link da bossawebmarketing.com apontando para americanas.com. O Google entende como se outros sites estivessem referenciando o seu e, quanto maior a autoridade do site, melhor.

Bing

O nome do mecanismo de busca da Microsoft. Bing lançado em junho de 2009, substituindo o Microsoft Live Search (anteriormente MSN Search e Windows Live Search). Em share de mercado, o Bingo possui 3.19% (e o Google, 91,88%).

Bounce Rate (ou Taxa de rejeição)

É a porcentagem de visitantes do site que saem sem visitar outra página desse site. Essa taxa varia amplamente, dependendo da indústria e do nicho.  Embora ela deva ser analisada de perto por donos de sites, a taxa de rejeição não é um fator de classificação direta, de acordo com o Google. Por exemplo, se um visitante acessou um artigo e leu, não significa que ele rejeitou o site. O artigo supriu a sua necessidade por informação e ele saiu.

Cache

Uma tecnologia que armazena temporariamente conteúdo da web, como imagens, para reduzir o tempo de carregamento ao acessá-la novamente. Você pode notar que, ao acessar um site pela primeira vez, talvez, o download das informações seja um pouco lento. Já em seu segundo acesso, o seu navegador “guardou” as informações e o carregamento da página será muito mais rápido.

Cloacking

É uma violação das Diretrizes do Google. Com esta prática, o site mostra um conteúdo ou URLs diferentes para pessoas e outro para os mecanismos de pesquisa.

CMS

Significa Content Management System (Sistema de gerenciamento de conteúdo). Ele permite que as pessoas criem, carreguem e gerenciem ativos digitais.

Conversão

Toda divulgação na internet há um objetivo. Sempre queremos que o usuário complete uma determinada ação. Exemplos de conversões incluem:

  • Compra de um produto.
  • Adicionar itens a um carrinho de compras.
  • Enviar um formulário de contato.
  • Download de um e-book.
  • Assinar uma newsletter.
  • Visualizar um vídeo.

Core Web Vitals

São um conjunto de fatores que o Google considera importantes na experiência geral do usuário em uma página web. Os principais sinais que indicam uma boa experiência do usuário:

  • LCP (maior exibição de conteúdo): é a quantidade de tempo para renderizar o maior elemento de conteúdo visível na janela de visualização, desde a solicitação do URL pelo usuário.
  • FID (latência na primeira entrada): é o tempo entre a primeira interação do usuário com sua página (como cliques em links, toques em botões e assim por diante) e o momento em que o navegador responde a essa ação.
  • CLS (mudança de layout cumulativa): a CLS mede a soma total de todas as pontuações de mudanças de layout individuais para cada alteração inesperada ocorrida durante toda a vida útil da página.

O Google confirmou o Core Web Vitals como um fator de classificação, mas disse que a relevância e outros fatores podem ser mais importantes.

Conversion Rate Optimization (CRO)

Ou Otimização da taxa de conversão. Com ele, você melhora determinadas partes do site para que consiga obter mais conversões com o mesmo número de visitantes. Algumas táticas populares de CRO incluem testar alterações de call to action, imagens e checkout.

Core Update

Quando o Google faz atualizações amplas em seu algoritmo principal. E isso ocorre praticamente todo dia.

Às vezes, o Google anuncia um tema específico para suas atualizações, como a atualização da experiência na página, mas as atualizações principais não são específicas e acontecem várias vezes ao ano.

CTR

Click through Rate ou Taxa de Cliques. É a proporção de usuários que clicam no resultado do Google em relação ao número total de usuários que visualizam uma página web: cliques ÷ impressões = CTR.

Crawl Budget

Crawl budget é o número de páginas que os mecanismos de pesquisa rastrearão em um site dentro de um determinado período de tempo. Os mecanismos de pesquisa calculam o orçamento de rastreamento com base no limite de rastreamento (com que frequência eles podem rastrear sem causar problemas) e na demanda de rastreamento (com que frequência desejam rastrear um site).

Crawler

É o robô do mecanismo de busca utilizado para rastrear dados na internet. O Google rastreia o seu site, identifica o conteudo e, em seguida, indexa na página do resultado de busca.

Densidade da palavra-chave

Com que freqüência uma palavra ou frase aparece dentro do conteúdo de uma página da web. Este conceito não é mais importante para os mecanismos de busca. Não há uma porcentagem ideal que ajude uma página da web a se classificar melhor.

Domínio

É a url do seu site. No nosso caso blastmkt.com

Google Trends

Google Trends é uma ferramenta gratuita do Google que mostra os mais populares termos buscados em várias regiões do mundo, e em vários idiomas. São as tendências de buscas que são realizadas no Google.

Impressões

Número de vezes que o seu site é exibido na página de resultado de busca.

Indexar

É o ato do Google exibir a sua página no resultado de busca. A indexação ocorre após o Google conhecer o seu conteúdo e identificar como sendo de qualidade.

Landing Page

Uma página web com todos os elementos voltados para a conversão. Projetada para capturar leads ou gerar conversões.

Link Building

Link Building é o processo de aquisição de links (de qualidade) de outros sites para o seu próprio.

Link Externo

Links de uma página a outra página em um domínio externo. Por exemplo, da blastmkt.com para google.com.

Os links externos não são considerados como tendo qualquer influência na classificação e só devem ser usados para citar fontes onde for relevante.

Link Interno

Links de uma página a outra página no mesmo domínio. Eles ajudam o robô do Google a navegar e entender o seu site.

Meta Descrição

É a descrição adicionada no HTML da página. Ela aparece no resultado de busca do Google, embaixo do título do site.

Ela deve ser atrativa e conter o call to action para que o usuário clique e acesse a página.

A meta description não influencia no posionamento da página no Google, mas é um fator importante para aumentar a taxa de cliques no resultado do buscador.

Meta Keyword

Ela já não é usada há muuuito tempo.

Nesta tag, eram adicionadas diversas palavras-chaves que a página desejaria ranquear no Google.

Palavra-chave

Uma palavra-chave é o que os usuários escrevem em um mecanismo de busca quando querem encontrar algo específico.

Palavra-chave “Long-Tail”

Termos altamente específicos que freqüentemente demonstram maior intenção de compra. Por exemplo, “geladeira” é amplo e “geladeira brastemp 573 litros” uma long tail.

Elas são palavras-chave menos populares que têm baixo volume de busca mas geralmente são mais fáceis de classificar.

PPC

Pay-per-click, é um modelo de publicidade online onde os anunciantes veiculam anúncios em uma plataforma como o Google Ads e pagam uma taxa toda vez que alguém clica nele. Diferentemente de SEO cujo clique é gratuito, em PPC, ele é pago.

Ranquear

É um termo bastante usado pelos profissionais de SEO e siginica o posicionamento na SERP. O site A ranqueia melhor do que o B ou o site A possui melhor posicionamento do que o B.

Redirecionamento

Quando o usuário (ou mecanismo de busca) acessa uma página e é automaticamente redirecionado para outra. Isto pode acontecer quando a URL muda de endereço. Por exemplo, caso troquemos a página blastmkt.com/fale-conosco para blastmkt.com/contato, redirecionamos todo o tráfego que acessar a primeira para esta última. Existem dois tipos de redirecionamento:

  • 301: Permanente
  • 302: Temporário

Relevância

Uma forma dos mecanismos de busca medirem se uma pesquisa do usuário está intimamente ligado ao conteúdo de uma página web.

Rich Snippet

Dados estruturados podem ser adicionados ao HTML de um site para fornecer informações contextuais aos mecanismos de pesquisa durante o rastreamento. Eles informam rapidamente ao Google qual o conteúdo da página (artigo, receita ou outro).

Essas informações podem ser exibidas nas SERPs, resultando em uma listagem aprimorada, conhecida como rich snippet.

Schema

Uma forma de microdados que, uma vez adicionado a uma página da Web, cria uma descrição aprimorada (comumente conhecida como rich snippet), que aparece nos resultados da pesquisa.

Search Engine

Ou mecanismo de busca é um site através do qual os usuários podem pesquisar conteúdo da Internet. Exemplos de mecanismos de busca: Google, Bing, Duck Duck Go e outros.

SEM

Search engine marketing ou marketing nos mecanismos de busca. É basicamente SEO + PPC. Com eles, criamos estratégias para aumentar a visibilidade de um site no mecanismo de busca através de divulgação orgânica (SEO) ou paga (PPC).

SEO

Search engine optimization ou otimização para os mecanismos de busca. É o processo de otimizar uma página web para que o Google entenda que ela é relevante para uma palavra-chave específica e a exiba em boa posição no resultado de busca.

SEO off page

Refere-se a todas as medidas que podem ser tomadas fora do site, a fim de melhorar sua posição nos rankings de busca.

SEO on page

Refere-se a todas as medidas que podem ser tomadas diretamente dentro do site a fim de melhorar sua posição nos rankings de busca.

SERP

Search engine results page ou página do resultado do mecanismo de busca. Cada página do Google, por exemplo, pode conter 10 ou mais resultados. Seja de texto, imagens ou vídeos.

Site Responsivo

Um site projetado para se adaptar automaticamente ao tamanho da tela do usuário, seja ele visualizado em um computador ou dispositivo móvel.

Tag Noindex

Uma meta tag que informa aos mecanismos de busca para não indexar uma página da Web específica em seu índice. Por exemplo, páginas de checkout em e-commerces.

Texto âncora

É o texto de um link. Ele fornece informações sobre a página que o usuário será direcionado. Por exemplo, se você estiver criando um link para enviar seus visitantes a Blast Marketing, “Blast Marketing” é o texto âncora.

URL CANÔNICO

É uma forma de especificarmos para o Google, através do código HTML, qual URL preferimos que ele exiba. Isso ajuda bastante a reduzir conteúdo duplicado por exemplo. Por exemplo, as urls com UTM do Google. Caso não tenha a URL canonical especificada, o Google poderá indexar diversas dessas URLs com UTMs, além de dividir a relevância entre elas.

Volume de buscas

Refere-se ao número de pesquisas para uma palavra-chave específica em mecanismos de pesquisa como o Google.

Está faltando algum termo? Deixe nos comentário.

Este artigo está em constante atualização 😉


Compartilhe