equipe analisando kpis para seo

KPIs para SEO: aprenda o que é e conheça os 15 principais

  • SEO
  • 13/01/2023
Compartilhe

Saber quais são os principais KPIs para SEO é o primeiro passo para verificar se os seus esforços de otimização estão funcionando ou não. Sem eles, é impossível mensurar o desenvolvimento das metas propostas a sua empresa.

Mas, o que são KPIs?

Key Performance Indicator, ou indicador-chave de desempenho em tradução, são parâmetros que indicam como está a performance do seu site nos motores de busca. O principal objetivo desses indicadores é verificar se o que você está fazendo em SEO hoje está valendo a pena, com retorno positivo, ou se é necessário ajustar determinadas estratégias.

Existem diversos tipos de indicadores de desempenho e nem todos são realmente necessários para avaliação das suas ações, sabia? Num e-commerce, o número de conversões é um dos fatores mais importantes. Já para um blog, o número de acessos pode ser mais relevante, por exemplo.

Além de conhecer os principais tipos de KPIs para SEO, é necessário entender três pontos-chave:

  • O que cada um mede
  • Quais fazem sentido, segundo os objetivos propostos para a empresa
  • Como avaliar e interpretar os dados da maneira certa

A seguir, conheça alguns dos principais indicadores e suas respectivas funções.

Principais KPIs para SEO

Impressões orgânicas

O número de impressões orgânicas nada mais é do que a quantidade de vezes que o usuário encontrou a sua página ao realizar uma pesquisa online no Google, Bing ou outro mecanismo de busca.

Nesse caso, o indicador mensura o alcance dos seus conteúdos, quais páginas estão indo bem e quais podem ser melhor otimizadas.

Ranking de palavras-chave

Saber a quantidade, para quais palavras-chave seu domínio ranqueia e o posicionamento é muito importante. Essa é uma maneira de entender:

  • Quais páginas estão bem otimizadas
  • Quais precisam de reforço em otimização
  • Se o site se posiciona para palavras-chave que tem a ver com o seu domínio

CTR (click-through rate)

Click-through rate, ou taxa de cliques, indica o percentual total entre o número de cliques e de impressões. Com esse KPI, é possível entender se os acessos estão baixos e o que pode ser feito para reverter a situação.

Sessões orgânicas

As sessões orgânicas são todas aquelas realizadas via motores de busca, sem auxílio de anúncios. Essa métrica é uma das mais importantes, porque demonstra que, se o número de sessões estiver alto, seus conteúdos estão bem otimizados para SEO.

Tráfego sem marca

Existem dois tipos de tráfego orgânico:

  • Com marca: são aquelas buscas com a palavra-chave + o nome da marca ou empresa, como “Xiaomi  64gb Magazine Luiza”
  • Sem marca: quando as buscas não contém o nome da marca ou empresa, apenas a palavra-chave, como “Xiami 64gb”

O segundo tráfego é o mais importante, porque demonstra o quão bem suas páginas de produtos, serviços e conteúdo estão bem otimizadas. Aqueles usuários que não conhecem sua marca podem conhecê-la em apenas alguns cliques.

Pageviews

Você precisa analisar quantas vezes cada página é visualizada pelos usuários? Então, esse é o KPI certo.

Com ele, é possível verificar quais conteúdos chamam mais atenção do usuário. E assim, saber se suas estratégias de divulgação estão captando a quantidade de usuários esperada.

Visitantes únicos

O número de visitantes únicos é a quantidade de acessos feitos por um único usuário. Esse KPI mensura se seu site está otimizado, atrativo e com qualidade o suficiente para fazer os visitantes voltarem.

Duração média de sessão

As sessões são todos os acessos que seu site recebe. Já a duração média de sessão mensura quanto tempo o usuário passa navegando entre suas páginas.

Esse indicador demonstra se suas páginas estão interessantes e atrativas o suficiente, a ponto de manter o público pelo maior tempo possível.

Páginas de saída

Como o nome bem sugere, esse KPI indica em qual página o usuário encerrou a sessão no seu site.

Se um visitante fecha seu domínio após a confirmação de compra, não significa que aquela página seja ruim. No entanto, caso ele desista da navegação num artigo de blog, por exemplo, será necessário entender o porquê da ação.

Páginas/sessão

O KPI de páginas/sessão mostra em quantas páginas o visitante clicou durante sua sessão. Aqui, é preciso avaliar com cautela, se a quantidade de cliques é positiva ou não, de acordo com a trilha do seu site.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição verifica quantos visitantes acessaram e abandonaram seu domínio logo em seguida, sem realizar nenhuma ação dentro do site.

O ideal é que a taxa varie entre 40% e 60%. Por isso, se os números estiverem muito altos, significa que a página não é boa o suficiente para o usuário e precisa ser revisada.

Tempo de carregamento da página

Considerado um dos principais fatores de ranqueamento, o tempo de carregamento é exatamente o que seu nome sugere. O ideal é que o domínio não demore mais do que 2 segundos para exibir a página.

Quanto mais tempo demorar para carregar, maior será a taxa de rejeição do site.

Backlinks

Os backlinks são links externos conquistados em outros sites. Quando outro site linka para o seu conteúdo ou suas páginas, seu domínio ganha um backlink. Essa é uma espécie de indicação/recomendação, que mostra ao Google o quão confiável e útil seu site é.

A principal função desse KPI é melhorar sua autoridade. E, quanto mais e melhores forem os links, maiores as chances do seu domínio subir no ranqueamento do Google e outros buscadores. Mensurar quantos sites apontam para o seu e o tipo de linkagem pode te ajudar a ganhar autoridade.

Conversões orgânicas

As conversões orgânicas mostram quantos usuários viraram leads a partir do acesso orgânico. Aqui, vale ter registrada a quantidade de conversões antes de iniciar sua estratégia de SEO, para entender se os números foram positivos.

As conversões são importantes, pois demonstram se suas páginas são claras e se estão otimizadas o suficiente.

CPL (custo por lead)

Se você tem uma estratégia de campanha no ar, vale verificar o CPL, ou seja, o valor pago por cada lead adquirido.

Ao visualizar o custo do investimento, fica claro se os recursos estão sendo utilizados da melhor maneira possível.

Como monitorar os KPIs?

Todos os KPIs para SEO citados podem ser acompanhados com auxílio de diversas ferramentas online.

  • Google Search Console: é uma das principais ferramentas gratuitas do Google, responsável por monitorar o tráfego e desempenho do site, bem como indicar problemas que podem afetar a experiência do visitante.
  • Google Analytics: é a ferramenta de métricas do Google. Nela, é possível verificar a quantidade de usuários ativos, sessões, taxa de rejeição, duração média da sessão, entre outros KPIs relevantes.
  • SemRush: é uma das ferramentas pagas mais completas para quem trabalha com marketing digital. Entre suas principais funções, ela é responsável por monitorar o site, verificar o desempenho das palavras-chave e apontar problemas

Lembre-se apenas que, além de coletar os dados, você precisa mantê-los organizados e bem armazenados. Assim, fica fácil fazer comparações e investir em estratégias assertivas, que vão te fazer crescer.

Encontrou os KPIs para SEO que vão transformar suas análises? Continue no blog da Blast e aprenda tudo sobre marketing digital, SEO e performance.


Compartilhe