Top

Diferença entre Cliques do Google Ads e sessões do Google Analytics

p

Diferença entre Cliques do Google Ads e sessões do Google Analytics

Uma das dúvidas mais comuns durante as minhas aulas ou até entre os profissionais mais experientes é a diferença entre cliques e visitas que algumas ferramentas exibem: “por que o número de cliques do Google Ads não é o mesmo número de sessões que Google Analytics?” ou “por que o número de cliques do Search Console não é o mesmo das sessões do Google Analytics?”

Simples. Porque são métricas diferentes!

Cliques x Visitas

A métrica de cliques indica quantas vezes um usuário clicou em uma publicidade. Seja em um anúncio do Google Ads, um resultado orgânico do Google ou banners em sites parceiros. Cliques é simplesmente o ato de clicar em algo.

A métrica de sessões informa a quantidade de sessões iniciadas no site ou, como era antigamente, as visitas ao site.

Por que os números não batem?

Você está divulgando para um público que não é relevante para o seu negócio

Certa vez, atendemos um cliente que tinha a seguinte reclamação: estou investindo muito em Google Ads e tenho poucas conversões.

Quando paramos para analisar, verificamos que somente  57,43% dos usuários que clicavam nos anúncios iniciavam sessões no site. O restante desistia da sessão e clicava em voltar no navegador, interromper ou simplesmente fechava a janela.

Nesse caso, o código de acompanhamento do Google Analytics não consegue executar e enviar dados de acompanhamento para os servidores do Google. No entanto, o Google Ads ainda registra um clique.

A diferença aceitável para cliques x sessões é de até 30%. É o máximo. Se passar disto (como os quase 43% de nosso cliente), sugiramos que analise se o público para o qual está divulgando é realmente o correto e qualificado para o seu tipo de negócio.

Após otimizações na campanha de Google Ads de nosso cliente, 98,28% dos cliques se converteram em sessões (praticamente 100% de tráfego qualificado).

Veja os números da Rede de Pesquisa e Rede de Display do Google após 6 meses de otimização da campanha de Ads:

  • Rede de Pesquisa: passamos de 84% de cliques que resultavam em sessões para 99,50%
  • Rede de Display: passamos de apenas 35,76% de cliques que resultavam em sessões para 90,13%

Sites lentos para carregar

Os usuários, hoje em dia, não possuem paciência para sites lentos. Ao clicar em uma divulgação, esperam aceder rapidamente à página requisitada. E quando isso não acontece, desistem de navegar sem ao menos esperar o carregamento do código de acompanhamento do Google Analytics.

Com isso, o Google Ads contabilizará um clique e, o Analytics, zero sessão.

Cliques inválidos do Google Ads

O Google Ads filtra automaticamente os cliques que ele considera inválidos. Por exemplo, quando um usuário clica num anúncio várias vezes para aumentar seus custos e a taxa de cliques.

Você já deve ter reparado, na parte de faturamento de sua campanha, que o Google Ads reembolsa todos os valores de cliques inválidos. Você não paga por eles.

Outros motivos

Um usuário pode clicar em uma divulgação duas vezes em 30 minutos – sem fechar o navegador. O Google Ads, Search Console e outras ferramentas de divulgação contabilizarão a quantidade exata de cliques, dois. Já o Google Analytics contabilizará apenas uma sessão, mesmo que o usuário saia do site e retorne logo em seguida.

Outro comportamento muito comum é o usuário que clica em uma divulgação, acessa o site e salva o link (seja em um favorito ou posta na rede social). Se depois, o mesmo usuário clicar neste link salvo, o Google Analytics contabilizará duas sessões, mas apenas um clique.

Então, não fique preocupado se houver uma diferença de até 30% entre os números de duas ferramentas de métricas. Elas apuram os dados de forma diferente!

Para saber mais, cadastre-se abaixo e receba todas as novidades ou envie uma mensagem para [email protected] que responderemos em até 24h 😉

Facebook Comments

Share